Seleção sub-19 tem encontro virtual com Bernardinho

Publicado em: 17 DE DEZEMBRO

Seleção sub-19 tem encontro virtual com Bernardinho
Bernardinho conversa de forma virtual com os atletas da seleção sub-19 (Créditos: Divulgação/CBV)

Se você tem entre 18 e 19 anos, inicia em uma carreira esportiva e tem a chance de ouvir um dos maiores ícones da sua modalidade estando em um seleto rol de convidados, você realmente tem a oportunidade que precisava para colocar a mão na consciência e saber que é um privilegiado. E isso aconteceu com cada um dos 35 atletas convidados para a seleção brasileira sub-19 masculina de vôlei na noite de ontem (16.12) quando ouviram algumas lições de ninguém menos do que Bernardinho, técnico multicampeão do voleibol brasileiro.

O encontro virtual fez parte de uma série promovida pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) ao longo deste ano de 2020, quando as seleções não tiveram nenhuma atividade presencial por conta da pandemia da COVID-19. Desta vez, Bernardinho destacou alguns pontos que considera fundamentais para uma carreira bem sucedida.

“Primeiro, quero falar da importância de estarmos juntos e conectados neste momento tão complicado na vida de todos nós tentando falar um pouco desse início de trajetória de todos vocês junto a uma seleção brasileira. A sub-19 é a nossa primeira seleção masculina e vocês precisam, em primeiro lugar, aprender a lidar com os nãos. Eu recebi e tive que dar muitos nãos e sofri com isso. Mas, daí vem outro ponto importante que é a resiliência”, disse Bernardinho.

Este outro tópico abordado pelo técnico bicampeão olímpico deixou um recado importante aos jovens atletas: “a carreira de vocês não vai dar o que vocês desejam, mas, sim, o que vovês merecem. Por isso é preciso resiliência e muita disciplina para fazer o que é preciso e não o que vocês têm vontade”.

Mais um ensinamento passado pelo multicampeão foi em relação ao sentimento de grupo – nunca o individualismo. “Sempre é mais importante o nome que está na frente da casa e não atrás. Brasil está acima de Bernardinho ou o nome de um de vocês. Valorize o seu time. Cada um faz a sua parte, tem a sua importância, mas ninguém faz nada sozinho”, destacou Bernardinho.

O sucesso obtido ao longe de tantos anos à frente da seleção brasileira masculina e de equipes feminina não tem segredo. Tem nome: paixão. “Dois fatores geram motivação a um atleta ou qualquer pessoa. A necessidade, como temos o caso do Serginho, que veio de uma origem simples e precisava do voleibol para ajudar sua família, e a paixão”.

Por fim, depois de uma conversa descontraída e cheia de lições, Bernardinho chamou atenção dos jovens atletas para que não desperdicem a oportunidade que estão tendo de aprender. Estar na seleção brasileira de base, trabalhando com profissionais gabaritados como a comissão técnica comandada por Fabiano Ribeiro, o Magoo, é, segundo Bernardinho, uma super oportunidade.

“Não desperdicem a chance que vocês estão tendo. Se vocês estão aqui é porque vocês demonstraram capacidade, mas nunca se sabe se vai surgir outra oportunidade como essa. Então, se esses treinadores que estão aqui nessa sala conosco cobram muito de vocês, saibam que é porque eles acreditam em vocês”, concluiu Bernardinho.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais