Brasil estreia nesta terça-feira contra a Argentina

Publicado em: 20 DE SETEMBRO

Brasil estreia nesta terça-feira contra a Argentina
Equipe sub-18 faz os últimos ajustes em Durango (Créditos: Divulgação)

A seleção brasileira sub-18 feminina de voleibol está pronta para mais um desafio. A equipe estreia no Mundial da categoria nesta terça-feira (21.09), às 19h (hora de Brasília), no clássico sul-americano contra a Argentina, já pela segunda rodada. A competição, que acontece até o próximo dia 29, tem como sede a cidade de Durango, no México. O jogo terá transmissão ao vivo e on-line pelo canal Volleyball World do YouTube (https://www.youtube.com/watch?v=lK6PhmMmP7c).

A equipe brasileira está no grupo D, que, além das argentinas, conta ainda com as seleções da Bulgária, da Eslováquia e da Rússia. O Brasil chegou a Durango na última quarta-feira (15.09) e realizou dois amistosos como preparação contra Itália e México, respectivamente.

Para a estreia contra as rivais continentais, o técnico do Brasil, Hylmer Dias, espera uma partida equilibrada.

“Não tivemos oportunidade de enfrentar a Argentina neste ciclo em razão da pandemia da COVID-19, já que com isso não tivemos a realização do Sul-Americano da categoria no ano passado. De qualquer modo, a escola argentina é de bom saque e muito volume de jogo, o que torna o confronto contra elas sempre muito acirrado”, disse Hylmer.

O treinador fez ainda uma rápida análise a respeito dos demais adversários na primeira fase da competição.

“A Rússia é a campeã europeia na categoria, portanto chega muito forte e entre as favoritas. Bulgária e Eslováquia também serão rivais complicados pois têm muita força física e maior ritmo de jogo, mais entrosamento, por terem disputado o campeonato europeu também”, completou Hylmer.

A edição de 2021 é a décima sétima do Mundial sub-18 feminino, que acontece desde 1989. Ao longo da história da competição o Brasil tem 10 medalhas (três ouros, quatro pratas e três bronzes). Pelo regulamento, as 20 equipes participantes foram divididas em quatro grupos com cinco times cada, que jogam entre si. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para as oitavas de final, e a disputa segue em sistema de eliminatória simples até a decisão.

O Brasil viaja para o México com as levantadoras Heloise Soares e Fernanda Depine; as opostas Larissa Mendes e Luiza Vicente; as centrais Juliana Gandra, Rebeca Camille e Luzia Nezzo; as ponteiras Nicole de Oliveira, Kauany Kyukawa, Isabella Rocha e Aline Segato; e a líbero Sophia Dantas*.

MUNDIAL SUB-18 FEMININO 2021

GRUPO D: BRASIL, Argentina, Bulgária, Eslováquia e Rússia

TABELA

Fase de Grupos

21.09 (TERÇA-FEIRA) BRASIL x Argentina, às 19h (hora de Brasília)

22.09 (QUARTA-FEIRA) BRASIL x Rússia, às 22h (hora de Brasília)

23.09 (QUINTA-FEIRA) BRASIL x Eslováquia, às 22h (hora de Brasília)

24.09 (SEXTA-FEIRA) BRASIL x Bulgária, às 19h (hora de Brasília)

*Em matéria publicada no último dia 16.09 a lista de atletas da seleção brasileira sub-18 feminina constava com três jogadoras com posições erradas, além da ausência de uma outra atleta. A lista está corrigida e atualizada conforme Boletim oficial da competição produzido pela FIVB.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais